Entrevistamos Fejão, o grande batera da banda Máxima Culpa
 

Hoje com muiito orgulho a gente troca umas idéias com uma incrível pessoa e um grande batera, Fejão (sem I mesmo, rs)
Esse tem história pra contar!!


CLub RoCk - Quem te apresentou o mundo rocker, como foi essa aproximação, qual foi a primeira banda que ouviu?

Fejão - Quem apresentou o Rock em minha vida foi meu irmão Cicão em meados de 77.
Ele sendo um ano mais velho que eu, não que isso seja uma regra, começou a trabalhar antes de mim, e em seu primeiro salário, comprou uns Lps de rock e em uma vitrola que minha irmã havia ganhado de aniversário, fomos envolvidos por aquele som MARAVILHOSO do Queen, Deep Purple e Led Zepellin.


CLub RoCk - Porque Bateria e não guitarra, ou baixo, tem uma razão especial pra essa escolha?

Fejão - A bateria, agradeço a minha mãe que quando criança, ( três ou quatro anos ) quando chorava por alguma coisa, minha mãe me colocava sentado ao chão, colocava algumas panelas é claro, uma colher de pau e um socador de alho ( minhas primeiras baquetas kkkkk ), podem imaginar o resto né. kkkk.


CLub RoCk - Dentre os vários estilos de Rock, qual vc mais curte?

Fejão - Sou amante do bom e velho Rock´n' Roll, minha preferência e formação estão nos anos 70, 80 e 90 mas curto todo tipo de rock quer seja Rock ‘n’ Roll, Punk Rock, Progressivo, Metal, Blues, Speed, enfim todos, desde que sejam bem executados.


CLub RoCk - Música autoral independente no Brasil tem reconhecimento que merece?

Fejão - A musica autoral no Brasil tem sim o reconhecimento que merece, apenas a mídia não acredita e não da o tratamento merecido.


CLub RoCk - A internet veio e mudou tudo, qual a maior mudança e o que representa isso para o RoCk?

Fejão - A internet é um mal necessário porem, devemos saber quando e como usar sem nos tornarmos incapazes de sobrevivermos sem ela.
Para o mundo rock, muita informação, muita rapidez e muitas facilidades porem, menos glamour, muitas poluições audiovisuais, muitas mentiras e principalmente desmerecimento ao artista verdadeiro.


CLub RoCk - Vc é um dos fundadores da banda Máxima Culpa, como foi esse processo, onde conheceu os camaradas e como rolou o convite?

Fejão -Já conhecia o Mamorra da época do Lixo de Luxo, certo dia estava passando em frente a casa dele com minha filha Cintia, na época uma criança ainda e resolvi parar para bater um papo. conversando, ele me disse que estava montando outra banda, que o Lixo de Luxo havia acabado e se eu não gostaria de fazer um teste para tocar bateria com ele.
Pô, estava eu ali sendo convidado por um musico respeitadíssimo no cenário musical.
É claro que aceitei na hora.
Marcamos o dia e lá fui apresentado ao Pedrão, Sá e Didi.


CLub RoCk - Teve uma experiência de ter um bar de Rock em MG em qual cidade, como foi a recepção, como é a vibe Mineira ?

Fejão - Cara, fui visitar meu irmão caçula Marcelo, que ainda mora em Congonhas do Campo, Minas Gerais.
Queria mudar de ares, então fui de mudança.
Logo entrei para o motoclube Proféticos, ai ja viu, moto e Rock ‘n’ Roll
Percebi que na cidade não havia um barzinho específico para se curtir rock.
Então aluguei um salão, enfeitei ele todinho que o bar ficou temático, batizei com o nome de Rockuai, em homenagem aos mineiros.
Apos seis anos tive que voltar a São Paulo.
Os mineiros daquela cidade já conheciam o Rock, mas eu os ensinei a amar o Rock kkkkkkkkk



CLub RoCk- O que curte mais, shows ou estúdio, porque?

Fejão - Gosto muito dos dois, curto muito o momento de criação, sentir o som pegando seu formato, atingindo nossa expectativa e poder apresentar esse resultado em um show impecável e o gol do título.


CLub RoCk- Quais são as suas expectativas em relação ao futuro da banda Máxima Culpa?

Fejão - A banda Máxima Culpa, embora já com alguns aninhos kkkkkk, tem muito a mostrar ainda.
Sinto que a qualquer momento ela vai acontecer nesse cenário musical tão burocrático e injusto de hoje em dia.


CLub RoCk- Bandas autorais tem dificuldades ampliadas, tem alguma explicação pra isso?
Alguma sugestão?

Fejão- As bandas famosas de hoje em dia, eram autorais no passado ( Barão, Titãs, Paralamas, Ultraje... acontece que as portasse fecharam, pois as casas de shows, rádios, tvs, não querem arriscar nas autorais.
Hoje em dia, sem um bom investimento, as coisas ficam muito mais difíceis.
É uma pena, tantos talentos no anonimato.


CLub RoCk- Onde os fãs da podem conhecer mais sobre o trabalho da banda?

Fejão- Hoje em dia quem quiser saber mais sobre nossa Banda Máxima Culpa pode acessar nosso site www.maximaculpa.com.br e também pelo youtube onde temos um bom material.


CLub RoCk- Esse espaço é seu amigo/irmão, aborde e mande o recado que quiser, (inclusive, áudio e/ou vídeo)


Fejão- Deixo aqui meu recado para a nação roqueira:

Dêem uma chance ao artista brasileiro, conheçam suas obras, depois tirem suas conclusões.

Um beijo nas minas e um forte abraço pros caras.
Obrigado Pedrão.



COMPARTILHE e de uma força para o RoCk 

Equipe CLub RoCk
(11) 2495 9364 (Pedrão)


(11) 9 7962 7803
clubrock@clubrock.com.br